A TENDÊNCIA DO ESTILO INDUSTRIAL EM AMBIENTES COM PERSONALIDADE

Depósito Arquitetura de Cruz Alta/RS fala sobre o estilo que vem tomando cada vez mais espaço e tornando-se referência

Casa Chic

Vinicius Mastella
Pablo de Pietro
Alessandro Ribeiro
Arquitetos e Urbanistas
Depósito Arquitetura
Cruz Alta/RS

Estilo Industrial
Foto Jonatan Brivio

O estilo industrial nasceu entre as décadas de 1950 e 1970 nos Estados Unidos, quando antigos prédios comerciais, galpões e fábricas passaram a servir como forma de moradia barata e que acomodavam uma grande quantidade de pessoas, então assim foi criada a denominação loft para residências onde vários ambientes se fundem e acumulam diversas funções distintas.

Este estilo vem tomando cada vez mais espaço e se tornando referência na hora de decorar casas, apartamentos e até mesmo ambientes comerciais, pois independente da moda, este modelo arquitetônico já se tornou um estilo de vida.

Esta tendência baseia-se muito nos aspectos primários das construções, como concreto e instalações aparentes, madeiras de demolição, estruturas à mostra e paredes sem acabamento. Referências ao passado e mobiliários ao estilo “faça você mesmo”, são elementos que caracterizam este estilo.

Objetos e mobiliários em metal, como bancos e luminárias, são ótimos para criar ambientes com este toque. A fórmula é conseguir equilibrar todos os elementos. Essa pegada mais bruta em contraste com uma decoração atual e sofisticada dá um aspecto bastante moderno e único ao ambiente.

Outro aspecto característico do estilo é a liberdade de reciclar e reutilizar objetos e móveis na decoração. Luminárias metálicas, com acabamento rústico, de madeira ou de cobre, são uma ótima opção.

Grandes esquadrias de vidro, ferro e madeira, são detalhes que fazem parte das estruturas industriais. Então, caso o ambiente não possua janelas ou elas sejam escassas, é necessário investir em uma boa iluminação artificial.